Blog

Curso de Formação em Medicina Tradicional Chinesa- Acupuntura (Extensão ou Pós-Graduação)

MTC2

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) também conhecida como medicina chinesa (em chinês: Zhõngyí xué, ou Zhõngao xué), é a denominação usualmente dada ao conjunto de práticas de Medicina Tradicional em uso na China, desenvolvidas ao longo dos milhares de anos da sua história. É considerada uma das mais antigas formas de Medicina Oriental.

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) fundamenta-se numa estrutura teórica sistemática e abrangente, de natureza filosófica. Tendo como base o reconhecimento das leis fundamentais que governam o funcionamento do organismo humano, e sua interação com o ambiente segundo os ciclos da natureza, procura aplicar esta abordagem tanto ao tratamento dos desequilíbrios orgânicos quanto á manutenção da saúde através de diversos métodos.

Os principais métodos de tratamento da Medicina Tradicional Chinesa são:

  • Acupuntura;
  • Moxabustão;
  • Auriculoterapia;
  • Ventosaterapia;
  • Dietoterapia chinesa (terapia alimentar chinesa)
  • Fitoterapia chinesa (farmacopeia chinesa)

Temos ainda, como métodos de tratamento em MTC, o Tui Ná (massagem e osteopatia chinesa) e as práticas físicas (exercícios integrados de respiração e circulação de energia e meditação como: o Chi Kung e o Tai Chi Chuan) consideradas métodos profiláticos para a manutenção da saúde ou formas de intervenção para recuperá-la.

Dentre os principais métodos de tratamento da Medicina Tradicional Chinesa o mais conhecido é a Acupuntura. A Acupuntura é um método complementar para o tratamento dos mais variados transtornos. Por sua eficácia comprovada tem sua aplicação recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Tradicionalmente o procedimento é feito através do estímulo de pontos no corpo com agulhas e calor. Estes estímulos visam restabelecer a harmonia interna do Chi (energia vital).

-Conteúdo programático do curso (resumido):

Quanto a este curso, serão ensinadas as seguintes áreas da Medicina Tradicional Chinesa:

  • Acupuntura;
  • Moxabustão;
  • Auriculoterapia;
  • Ventosaterapia;
  • Dietoterapia chinesa (terapia alimentar chinesa);
  • Fitoterapia chinesa (farmacopeia chinesa);
  • Eletroacupuntura.

Disciplinas do curso (relação resumida das mesmas):

  • História e desenvolvimento da civilização chinesa e da Medicina Tradicional Chinesa;
  • Teoria do Yin-Yang;
  • Teoria dos Cinco Elementos;
  • Teoria dos Zang-Fu;
  • Substâncias fundamentais;
  • Fatores patogênicos e síndromes energéticas;
  • Sistemas de avaliação terapêutica da Medicina Tradicional Chinesa: avaliação constitucional, pulsologia chinesa, semiologia da língua, avaliação por meio da inspeção do microssistema da face e do abdômen;
  • Anatomia e fisiologia humana;
  • Teoria dos Canais e Colaterais;
  • Classificação geral dos pontos de acupuntura;
  • Princípios de tratamento em Medicina Tradicional Chinesa;
  • Práticas acupunturais;
  • Auriculoterapia;
  • Ventosaterapia;
  • Moxabustão;
  • Dietoterapia chinesa (terapia alimentar chinesa);
  • Fitoterapia chinesa (farmacopeia chinesa);
  • Eletroacupuntura;
  • Praticas clinicas em Acupuntura e Medicina Tradicional Chinesa.

-Pré-requisito:

Extensão: Nível médio.

Pós-graduação: Nível Superior.

Não é necessário ter formação na área da saúde.

-Metodologia do Curso:

Aulas teóricas dialogadas e/ou expositivas com a utilização de data show; aplicações práticas exemplificativas e práticas supervisionadas entre os alunos.

-Objetivo do curso:

O curso é destinado a formar profissionais capazes de identificar e diferenciar os padrões de desarmonia, estabelecer princípios de tratamento e executar procedimentos. Os recursos compostos no curso capacitarão o profissional para a prática e utilização dos mesmos. O Curso e certificado, por meio de convênio acadêmico, pela FACEI (Faculdade Einstein da Bahia) e tem caráter de Extensão Universitária (para quem possui Nível Médio) ou Pós – Graduação (para quem possui Nível Superior) com opção de encaminhamento para Estágio na China (custos pessoais por conta do aluno). Lembramos que para realizar o curso NÃO É NECESSÁRIA A FORMAÇÃO PREVIA NA ÁREA DA SAÚDE.

*É necessária a elaboração e a apresentação de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), como pré-requisito básico e necessário para posterior certificação.

Deixe um Comentário