Blog

Curso Livre de Seitai

 

seitai -

O Seitai é uma técnica japonesa, bem pouco divulgada, com cerca de trezentos anos de existência, que originalmente era utilizada pelos samurais para se recuperarem de lesões maiores e menores, em seus treinos ou mesmo durante a luta nos campos de batalha.

A base desta técnica está em trinta mobilizações específicas para reorganizar suavemente a fisiologia do corpo, através de uma manipulação conhecida como Katsugen – desfazer, Seitai taiso e Yuki, no qual a pessoa se solta conscientemente, relaxando seu controle corporal.

Fundada por Haruchika Noguchi, também é citado o grande mestre Michio Takahashi como criador deste método em 1920. Também existem lendas a respeito do uso pelos monges tibetanos de uma ginástica praticada entre estes que visava à manutenção livre das articulações chamada Fan-pa.

Traduzido como Sei- Ajustar e Tai- Corpo, ou também como Deus em Ti, pelo bem-estar que proporciona com a sensação de liberdade e relaxamento que advém do método, através de posicionamentos e alongamentos associados, com ou sem clicks e estalos, que se ouvem pelo deslizamento das superfícies ósseas sobre as estruturas viscerais, a musculatura e ligamentos.

A energia trabalhada durante a sessão permite despertar a cura que se faz pelo próprio corpo, através da sensibilidade dos nervos a qual desencadeia esse processo homeostático que proporciona o estado de saúde.

A intervenção terapêutica do praticante visa anular todas as sensações de sobrecarga da capacidade natural de assimilação do paciente, o qual refere essa como – Stress, cansaço, fadiga, desconforto, peso ou dor conforme as experiências prévias do paciente e o grau de seus acometimentos físicos.

O que o Seitai faz é liberar os bloqueios musculares e estruturais, tornando estes conscientes ao paciente, que muitas vezes, não se sabe nem portador de encurtamentos e posicionamentos viciosos.

Os hábitos errôneos, as condições de nutrição, educação, moradia e outros fatores podem desencadear alterações posturais ou outros distúrbios que um toque ou uma mera orientação simples podem anular totalmente.

O sofrimento de uma causa crônica de dano, com muitas ou algumas modificações estruturais, podem se melhorar muito antes de se cristalizarem, de modo definitivo, como o que acontece com o desgaste das articulações – Artroses, rupturas de tecidos ou deformidades.

Para tal a postura do ministrador ou praticante da manipulação Seitai deve respeitar a individualidade daquele que veio até este buscando o alívio de seu comprometimento e saber de suas limitações técnicas em atuar na doença.

É necessário a avaliação de médico, ou outro profissional habilitado para o esclarecimento maior do caso através das avaliações física e de exames que se fizerem necessários, o que garante a conduta adequada e pronta ao auxílio e equilíbrio da pessoa.

Hoje em dia o seitai é empregado em praticamente todo o mundo como método aplicável e seguro, o que o populariza e divulga, assim como seus resultados.

Alguns autores associam a origem da Quiropraxia e também da Osteopatia as essas técnicas de movimentos orientais.

Tal citação deve-se à migração do povo oriental para os Estados Unidos da América, durante as Guerras das Dinastias do Oriente, entre os séculos XVI a XIX, como na China disseminando no país norte-americano do Oeste ao litoral a “Cultura dos Amarelos”, como eram conhecidos os orientais.

O que importa é a disponibilização deste método aos necessitados e aos desejosos de estudá-lo.

Sejam todos bem vindos! Hai!

 

Conteúdo programático do curso (resumido):

  • História e desenvolvimento do Seitai;
  •  Filosofia e bases filosóficas do Seitai;
  • Anatomia e Fisiologia da coluna Vertebral;
  • Avaliação palpatória e testes de avaliação terapêutica;
  • Manipulação cervical, torácica e sacrolombar;
  • Mobilização e Manipulações das Articulações;
  • Principais Indicações e Contra indicações;
  • Tratamentos para Lombalgia, Lombociatálgia, Cervicalgia, LER, DORT, estresse e dores em geral;
  • Recomendações Importantes.

 

Pré-requisito:

Nível médio.

Não é necessário ter formação na área da saúde.

 

Metodologia do Curso:

Aulas teóricas dialogadas e/ ou expositivas com a utilização de data show, apostilas e material complementar virtual; aplicações práticas exemplificativas e práticas supervisionadas entre os alunos.

 

Objetivo do curso:

O curso é destinado a formar profissionais capacitados para a utilização terapêutica do Seitai. Os recursos compostos no curso capacitarão o profissional para a prática e utilização dos mesmos.

 

Deixe um Comentário